top of page

Nunca perca um post. Assine agora!

Obrigado!

Impactos da inteligência artificial no mundo dos negócios

Episódio 3: Como podemos utilizá-la dentro das empresas

Tempo de leitura: 2 minutos


No artigo de hoje vou trazer exemplos práticos de como a inteligência artificial já está impactando os negócios. O que tenho sentido nos ambientes empresariais é uma ansiedade para conhecer mais sobre a sua aplicabilidade e entender como ela poderá potencializar os negócios.

A inteligência artificial poderá estar entremeada nos variados processos dentro das empresas. Através dela, poderemos desenvolver sistemas que permitem processar informações com muita agilidade, analisar dados e emitir relatórios com grande precisão.

Vou trazer alguns exemplos para ilustrar como isso já está acontecendo.


Segundo a Eva Lazarin, na agricultura, os tratores já têm autonomia e adentram aos campos fazendo o trabalho com apoio de câmeras que os auxiliam a reconhecer o terreno, identificar os obstáculos e criar caminhos alternativos quando necessário. Apoiados por câmeras, eles estão usando a IA para agir e fazer a melhor operação no campo.

Só no campo, o emprego de IA pode se traduzir em ganho de tempo da preparação da terra à colheita, além de mais eficiência no uso de combustível, otimização da aplicação de insumos como defensivos agrícolas ou fertilizantes.

Não esquecendo na redução de desperdício de sementes no plantio ou a dos grãos nas colheitas. A John Deere apresentou tudo isso na CES 2023 e ainda acrescentou que esta tecnologia – conectada à outras – tem o poder de fornecer alimentos, combustíveis, fibras e infraestrutura para a crescente população global”.

A Eva Lazarin ainda contribui dizendo que “logicamente, a tecnologia foi o primeiro setor a aderir a IA. Os mecanismos de busca que temos hoje, como Google, são turbinados por ela. E estão sendo injetados bilhões de dólares em startups com IA em suas soluções. E assim, suas soluções ou produtos podem melhorar os resultados de busca, e pasme, isso reduz o consumo de energia em seus data centers e o tempo do usuário. Não é fantástico? Podemos ir além, com cadeias de suprimentos automatizadas (AWS) e postagens de mídia social inteligente (Meta) que chamam a atenção”.

Trazendo a IA para as cadeias de produção, vemos que ela será um elo importantíssimo para ganhos de eficiência em tempo real, oportunizando uma integração entre produção, distribuição e estoque, reduzindo consideravelmente as perdas que fazem parte deste processo.

Aqui, vemos claramente que tecnologias como a inteligência artificial permitirão que a indústria e varejo andem de braços dados com um objetivo maioral, que é garantir o abastecimento e reduzir perdas. A busca por esse equilíbrio é uma constante provocação.

E qual a grande revolução para o consumidor? O relacionamento com o cliente é para onde todos virarão os seus canhões. O “petróleo” dos dias de hoje é a atenção. E nesse palco, usando a inteligência artificial como o seu grande guru, o marketing será o ator principal e o grande catalisador dos negócios.

Encontro vocês no nosso próximo episódio!


Patricia B. Bordignon Rodrigues é diretora de Marketing e Canais Benkyou. Imagem: Shutterstock

5 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page